FANDOM


Damascena
Informações Geográficas
Região Lebória
Sociedade
População 3.000 hab (em 2 EL)
Construções
Edifícios públicos 2
Templo(s) Teliadora
Deurão
Azúria
Estabelecimentos comerciais cerca de 250
Residências cerca de 400

Damascena é uma vila que existe ao sul dos Picos Tempestuosos, sendo um importante elo de ligação com Porto dos Corvos, mais ao sul. A comunidade se formou em torno do rio Nova Fronteira, no ponto em que ele se encontra com um afluente, o córrego Azul.

GeografiaEditar

A região em torno de Damascena consiste da borda mais meridional da Floresta Cinza, com pequenos morros e colinas aqui e acolá. Várias pequenas colônias (a maioria com não mais de 200 habitantes com laços familiares entre si) se espalham pelas vizinhanças, mas a grande concentração populacional se dá na vila propriamente dita.

Para o sul, a Floresta Cinza se abre, dando espaço para a Campina. Esta região é tomada por fazendas, cujas principais plantações consistem de cereais.

Três estradas existem a partir de Damascena: a Estrada da Campina, que desce para o sul, cortando a Campina, até chegar a Porto dos Corvos. A Estrada Tropeira, que segue primeiro para leste e depois para norte, usada principalmente para transporte de gado e para caravanas. E a Estrada Nova, a qual conecta Damascena com a região mais ocidental de Lebória. O deslocamento ocorre principalmente através destas estradas, embora botes ocasionais naveguem pelo rio Nova Fronteira.

VizinhançasEditar

Damascena

Nas proximidades de Damascena, mas não na vila propriamente dita, existem algumas regiões de nota.

  • Atalaia Boteiro — Uma velha torre vigia abandonada, a qual se encontra no topo do Morro da Torre e é alcançada por duas trilhas: a Trilha da Torre (que parte da Estrada Nova) e a Trilha da Adaga (que sai da atalaia e vai Floresta Cinza adentro, evaporando-se no meio da mata).
  • Córrego Azul — Pequeno rio que se inicia no Lago Ardal e desagua no Nova Fronteira.
  • Lago Ardal — Pode ser alcançado pela Trilha do Lago (que vem de Damascena) e pela Trilha de Dentro (que parte da Estrada Tropeira). A Trilha da Deusa sai do lago e vai até o monastério.
  • Monastério — Para os locais, o nome correto é "Monastério de Azúria". Os forasteiros chamam de "Monastério de Damascena". Templo dedicado a Azúria, situado ao norte do Lago Ardal, em uma pequena serra conhecida como Serra do Monastério. O único caminho até lá é pela Trilha da Deusa, que parte do lago.
  • Morros das Fadas — Conjunto de morros isolados ao norte de Damascena, em meio à Floresta Cinza, muito evitados. Diz-se que portais para Outrolado se manifestam naqueles morros (donde o nome) e que incursões ocasionais de drows se iniciam a partir dali. A melhor maneira de acessá-los é subir o rio Nova Fronteira e depois pegar picadas antigas abertas na mata.
  • Serra das Amoras
  • Serra dos Linces
  • Serra do Monastério — Pequena serra ao nordeste de Damascena cuja única característica marcante é conter o monastério.
  • Serra do Outeiro

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória